6 de janeiro de 2009

Sonhar é fundamental mas, sem emprego fica díficil


Chegado ao sexto dia útil do ano de dois mil e nove, ainda não consegui emprego. Claro, fui atrás e lógicamente não desistirei aqui.
Mas o que não dá para entender, ante a esta massa de desempregados no Brasil é, como é que o cidadão pode esperar uma vida melhor se ele ''parece'' ser impedido de tê-la. Impedido ninguém é, por isso luta-se sempre acreditando na vitória.
Andando pelas ruas de São Paulo ( eu moro em Itaquaquecetuba, zona leste da capital), observamos que as pessoas são humilhadas pelas agências de emprego, que em sua maioria, muitas das vezes não atendem adequadamente aqueles que procuram por uma recolocação no mercado de trabalho. O que pode esperar o cidadão?
As vezes as pessoas saem de suas casas desacreditadas, sem muitas esperanças de encontrar algo, e o reflexo é danoso.
A pessoa é obrigada a ter algum tipo de qualificação e mesmo tendo, não arruma emprego, exigem escolaridade e as vezes esta escolaridade não tem valia alguma. Também pedem cursos de aprimoramento o que também chega a ser ''inútil''.
Não bastasse a experiência comprovada em carteira, a idade conta e a distância do local de residência e trabalho também é fator determinante para a recolocação, cobra-se tanto por tão pouco.
Ainda que arrume um emprego, o cidadão ainda é obrigado a passar pela ''peneira da vergonha'' já que a entrevista chega a assustar alguns. Evidentemente o cidadão tem que ir preparado, mas como ir preparado quando não se tem um dinheiro para um café ou almoço? Como fazer a pessoa crer em um novo dia, se este novo dia tarda a chegar?
O que vemos em nossa sociedade é um reflexo do descaso com as demais pessoas, alguns perdem o controle emocional e partem para o erro, mas quem erra mais? O cidadão que quer um futuro melhor, ou os criadores de leis maléficas que acabam com sonhos e esperanças?
Incentivam o cidadão á comprar, outros estão fora deste incentivo, a pergunta que fica é: Para qual cidadão a sociedade ''trabalha''?
Como crer numa vida melhor, se não dão oportunidades? Como fazer novos consumidores se não há empregos?
Á quem pertence esta hipocrisia toda? Quem são os culpados?
Enganar o povo é fácil, compra-se em carro aqui, uma casa acolá e não se fala mais em crise. Sem falar é claro que logo teremos o famoso ''BIG BROTHER '' da vida que ajuda a aliviar a ''desesperança'' de todos.
Mas vamos indo assim mesmo, empurrados por mentirosos e enganadores que ainda assim nos ''dão'' uma palavra de conforto.
"Vá em frente, não desista de seus sonhos".

3 comentários:

Jonnathan disse...

O nosso grande Jonas, deixou aqui mais uma verdade oculta por muitos brasileiros, muita gente tem medo de expor suas ideias e o nosso amigo aqui, ja esta fazendo isso pela GENTE! ...

Muito loko...parabens!

EEEEH NOISE! JONAS!

Fabio disse...

é isso ai jonas, somos produtos de um sistema. mas as coisas so vao mudar, se agente mudar.

entao vamos a luta para ter futuro melhor, pq quem faz nosso futuro nada mais que nos mesmos...

valeu viado falou

Silvia Caroba disse...

Tem que acreditar ..=]