28 de abril de 2009

Ele voltou... Roberto Jefferson, o cara?


Em entrevista ao programa ''É Noticia'' da RedeTV! no último domingo a partir da meia-noite, apresentado por Kennedy Alencar que também é Jornalista da Folha de São Paulo, o ex-deputado cassado e atual Presidente do PTB por mais trê anos, Roberto Jefferson com bom humor e destreza reafirmou tudo o que já dissera no passado á respeito de mensalão, corrupção ativa e passiva, Lula, José Dirceu, Delúbio Soares, Marcos Valério entre outros politicos como o ex-Presidente Fernando Collor de Mello. Para Roberto Jefferson, a prática de doações sempre foi e ainda é uma prática corriqueira, o que para ele é um absurdo e deveriam ser feitas sempre através de empresas privadas com listagem na justiça comprovando quem foram os doadores e não empresas públicas, as quais ficam sempre atreladas ao governo posteriormente citando como exemplo as construtoras, para quê depois a Policia Federal com seus ''delegados'' com ares de ''superiores e arrogantes'' não venham se aparecer na mídia. Também enfatizou que juizes e promotores também possuem tais ares.
O ex-deputado ainda defende o Presidente Luís Inácio Lula da Silva, reafirmando que a sua maneira de ver o Presidente nada sabia á respeito do mensalão, haja visto o olhar perplexo do Presidente e as lágrimas que insistiam em cair de seus olhos. Roberto Jefferson ainda falou sobre como José Dirceu na época, Ministro da Casa Civil, ''apunhalou'' o Presidente Lula pelas costas em uma reunião que tivera no Gabinete da Presidência, após a reunião, ambos na garagem, Roberto Jefferson e José Dirceu, Dirceu se volta para Jefferson e diz: -Queria ficar com toda bolada hein?.
Quem articulava toda a transação de divisões de verbas para os partidos era José Dirceu segundo Jefferson que apenas ficava ouvindo diante de pessoas como Delúbio Soares, Marcos Valério e José Genoíno, este ''calado'' nas reuniões que aconteciam na Casa Civil, a palavra final era sempre de Dirceu. Perguntado sobre PC Farias, ex-tesoureiro e articulador do ex-Presidente Fernando Collor de Mello, se o crime de Marcos Valério fora maior do que o de PC, Roberto Jefferson foi categórico: - Pc Farias era menino de procissão perto de Marcos Valério.
Sobre o Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes ter afirmado que vivemos na ''grampolândia'', Roberto Jefferson se diz favoravel a opinião do magistrado.
Para Roberto Jefferson, a prática do grampo além de ilegal, atrapalha a vida de qualquer pessoa, ele mesmo tem cautela ao falar ao telefone pois nunca se sabe se a pessoas está sendo ou nãp grampeada, seja qual situação for. Quando perguntado á respeito da discussão entre o Ministro Joaquim Barbosa e o Presidente do Supremo Gilmar Mendes acusado de ser midíatico, Roberto disse o seguinte:
- O Ministro Joaquim Barbosa não tem cultura suficiente para respeitar o Judiciário, joga tudo para a ''galera''. Quem é midíatico é ele! Joaquim Barbosa gosta de ser apluadido em ''botequim''.
Não se espantem se o Ministro Joaquim Barbosa sair candidato á Presidência da República tendo como vice o Delegado da Policia Federal, Protógenes Queiroz.
Perguntado sobre o ex-Presidente Collor, Roberto Jefferson declarou que Collor só errou ao ter mexido na poupança, foi aí que o ex-Presidente perdeu apoio da classe média.
Elogiou a escolha de Dilma Roussef para substituir o Presidente Lula em 2010, assim como elogiou Aécio Neves, Serra e Ciro Gomes, ressaltando que este último é um pouco ''stressado'' mas um grande politico.
Quanto ao dinheiro repassado ao seu partido na época das denuncias de ao seu partido, Roberto Jefferson declarou ter recebido 4 milhões de reais divindo-os ao partido por região. Não quis citar o nome dos favorecidos de modo que estes não se tornem ''bandidos'' aos olhos do povo e alvo da Policia Federal em investigações, preferindo ele mesmo assumir a culpa pelos erros e respondendo por tudo.
Roberto Jeffesrson falou que não guarda rancor de ninguém é hoje uma pessoa mais feliz com a vida, gosta de viajar, andar de moto também de cantar, sua maior paixão. Falou ainda que andava armado e que era colecionador de armas mas que as vendera. Entoou um Ave-Maria em italiano e diz que adora músicas românticas de outros cantores e interpétes. Falou ainda sobre sua cirurgia de redução de estomâgo e sobre as dificuldades que sentia no auge de seus 176 kgs.
É... Roberto Jefferson voltou, alguém duvida disso?

2 comentários:

Daniel Cauper disse...

Jonas, Paraéns pelo Blog!

Amigo, eu também fiquei chocado quando vi a eportagem com o Roberto Jefferson! É incrível como o caos político está instaurado no nosso país! rsrs.. Seria cômico se não fosse trágico, como diz o grande "clichê" popular! Adorei o blog, irei me tornar seguidor seu também.
Até nos EUA esse cara estaria preso! rsrsrs.. Não só ele mais como Jader Barbalho, Nicolau dos Santos Neto, Daniel Dantas, entre outros fdp's e vagabundos que aparecem na nossa política, o interessante é que o ordenamento jurídico os preserva como patrimônios históricos da humanidade! A PF prende e a lei SOLTA!

Parabéns mais uma vez pelo blog!

Abraços!

Opinião e Critica Brasil disse...

Olá Daniel Cauper, como vai? Meu muitissímo obrigado por passar a seguir o meu blog. Informação primordial para o aprimoramento das ideias, necessário se fazer uma ánalise detalhada a apurada dos fatos. De fato me envergonho com tais situações ''meio'' que impostas dentro de nossa sociedade e é neste contexto que criei meu blog. Estarei cada vez mais disposto a por me prática o que deve ser a obrigação do cidadão, mostrar, falar e denuciar tais ''atrcoidades'' em nossa sociedade, é vergonhoso o ''modus operanti'' destes seres á quem damos o nome de politicos.
Abraços e comente sempre, ok?
Jonas Silva